DO QUE SOMOS FEITOS

NOSSO DNA

SABOR

Primamos pelo prazer de comer e sabemos que comer saudável não é abrir mão de sabor.

INOVAÇÃO

Somos buscadores incessantes de formas mais saudáveis e viáveis de se habitar este mundo.

EXPERIMENTAÇÃO

Vivemos em modo beta,
testando e validando ideias.

COOPERAÇÃO

Acreditamos que o futuro será de menos competição e mais cooperação e, por isso, convidamos os melhores parceiros e chamamos toda a sociedade para participar do nosso experimento.

EQUIDADE

Comer bem é um direito de todos e trabalhamos para diminuir as barreiras estruturais que impedem o acesso a isso.

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

Tudo o que fazemos deve levar em conta uma maneira sustentável de agir no mundo, que preserve o meio ambiente e possa melhorar a sociedade.

Nossos pilares

Consumo consciente
Nossa sociedade convive com muitos recursos que estimulam o consumo desenfreado, ou seja, nos faz acreditar que precisamos comprar, usar e comer muito mais do que de fato é necessário para vivermos bem. Queremos promover uma forma de consumir que estimule o uso inteligente dos recursos do planeta e permita a todos viver bem e em equilíbrio com a natureza.
Consumo consciente
Nossa sociedade convive com muitos recursos que estimulam o consumo desenfreado, ou seja, nos faz acreditar que precisamos comprar, usar e comer muito mais do que de fato é necessário para vivermos bem. Queremos promover uma forma de consumir que estimule o uso inteligente dos recursos do planeta e permita a todos viver bem e em equilíbrio com a natureza.
Sustentabilidade alimentar
Ao consumir sem nenhum planejamento, estamos estimulando a geração de um enorme excedente de produção. Assim, milhões de toneladas de alimentos que estão sendo colhidos, embalados e transportados acabam sendo desperdiçados (entre 30% e 40% de toda a comida produzida). A sustentabilidade alimentar começa na decisão de cada um de nós sobre como comer.
Sustentabilidade alimentar
Ao consumir sem nenhum planejamento, estamos estimulando a geração de um enorme excedente de produção. Assim, milhões de toneladas de alimentos que estão sendo colhidos, embalados e transportados acabam sendo desperdiçados (entre 30% e 40% de toda a comida produzida). A sustentabilidade alimentar começa na decisão de cada um de nós sobre como comer.
Impacto socioambiental
• O setor agrícola é responsável por 20% da emissão dos gases de efeito estufa no planeta (ONU).
• As embalagens plásticas poluem o meio ambiente, de forma que mais de 8 milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos todos os anos (ONU).
• O desmatamento e o uso ostensivo do solo tornam a terra improdutiva, restringindo o que poderá ser plantado e reduzindo a absorção do carbono.
•A indústria alimentícia produz em excesso e, como resultado, um terço dos alimentos produzidos no mundo é desperdiçado, enquanto a fome atinge mais de 820 milhões de pessoas (ONU).
A consequência desse desperdício pesa no bolso dos consumidores, que estão pagando por esse excedente, comprando mais do que consomem e sofrendo com índices de acúmulo de gordura no sangue. É possível reduzir todos esses impactos quando decidimos agir de forma consciente porque nosso poder de decisão de compra é o que movimenta toda a economia.
Impacto socioambiental
• O setor agrícola é responsável por 20% da emissão dos gases de efeito estufa no planeta (ONU).
• As embalagens plásticas poluem o meio ambiente, de forma que mais de 8 milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos todos os anos (ONU).
• O desmatamento e o uso ostensivo do solo tornam a terra improdutiva, restringindo o que poderá ser plantado e reduzindo a absorção do carbono.
•A indústria alimentícia produz em excesso e, como resultado, um terço dos alimentos produzidos no mundo é desperdiçado, enquanto a fome atinge mais de 820 milhões de pessoas (ONU).
A consequência desse desperdício pesa no bolso dos consumidores, que estão pagando por esse excedente, comprando mais do que consomem e sofrendo com índices de acúmulo de gordura no sangue. É possível reduzir todos esses impactos quando decidimos agir de forma consciente porque nosso poder de decisão de compra é o que movimenta toda a economia.
Apoio à Origem vegetal
Somos a favor de que se dê preferência para a alimentação de origem vegetal, uma vez que a indústria agropecuária depende do uso de uma quantidade muito grande de recursos naturais: para cada 1kg de proteína animal que é vendido, terão sido gastos 8kg de proteína vegetal.
Apoio à Origem vegetal
Somos a favor de que se dê preferência para a alimentação de origem vegetal, uma vez que a indústria agropecuária depende do uso de uma quantidade muito grande de recursos naturais: para cada 1kg de proteína animal que é vendido, terão sido gastos 8kg de proteína vegetal.
Cart Item Removed. Undo
  • No products in the cart.

A Marca:
O nome Gael tem muitos significados e sua origem está presente em várias culturas, mas basicamente signica generoso, belo, que protege e é abençoado. O fazer com capricho, com qualidade e com alma, formam a essência conceitual

Produtos que fazem parte do Kit COMEMOS:

  • Frango Cajun – Prato com origin New Orleans nos estados unidos – peito de frango com molho cajun cremoso cheio de especiarias. levantamente picante. Acompanhado massa italiana tipo Risoni. 
  • Caldo de feijão com bacon. 
  • Produtos que fazem parte do Kit COMEMOS:
  • Couve-flor Cajun  – Versão vegetariana que substitui o peito de franfo com floretes de couve-flor “toastados”. Acompanhado massa italiana tipo Risoni. 
  • Sopa de abóbora e gengibre.